terça-feira, 1 de maio de 2018

Voce esta precisando de uma amarracao mas tem preconceito?



Voce esta precisando de uma amarracao mas tem preconceito?


Ja ouviu muita gente dizer que amarrar a vida de uma pessoa faz mal, que isso lhe tras consequencias, carnais, espirutuais e etc ? bem vou lhe alertar sobre o seguinte, no mundo nao existe apenas a religiao catolica e evangelica nao, no mundo desde sempre existe milhares de religioes.


o problema é que como os catolicos sempre comandaram tudo nessa terra, as propriedades privadas, e como fomos colonizados por portugueses tambem, entao NASCEMOS achando que ser catolico é a unica solucao na vida, basta ver que o casamento sempre tem que ser catolico.

SE TIVESSEMOS SIDO COLONIZADOS POR AFRICANOS, todos seriamos do candomble, e da umbanda, e ao invez de ser comum receber ostia sagrada, seria comum fazer cabeça de santo.


ENTAO TUDO É UMA QUESTAO DE CULTURA, É CULTURAL SER CATOLICO, É CULTURAL ODIAR O CANDOMBLE E DIZER QUE ESSA RELIGIAO É DO DIABO.
MAS A VERDADE É QUE TODA A RELIGIAO É DE DEUS, E VOCES SO TEM PRECONCEITO PORQUE NASCERAM OUVINDO ISSO.


CATOLICO TEM O MESMO SANTO QUE O MEU CANDOMBLE, SAO APENAS FORMAS DE ADORAÇAO DIFERENTE, NÓS NAO ADORAMOS A IMAGEM COMO O CATOLICO, nós adoramos o santo DANDO COMIDA, BEBIDA, FUMO, REZAS...


entao parem de preconceito, porque enfiar a cabeça de santo antonio debaixo do vinho e da cachaça ate voce encontrar um marido nao é pecado, mas pedir a um santo que reate a sua relaçao é ?
porque voce estaria fazendo algum mal em pedir a sua reconciliação com quem voce ama? amarracao nao tras ninguem obrigado, a amarração apenas da UMA SEGUNDA CHANCE, para casais que ainda em uma ligação espiritual, mas terminaram por problemas de convivio, ou seja, voces ainda se amam, ainda se gostam mas terminaram porque voce foi ciumenta demais, ou porque ele era ciumento demais, e foram tantas brigas que desgastou e hoje nao conseguem mais dar  outra chance.


deixem o preconceito de lado.
e vamos ser felizes

beijos
mae maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário